Cultura e Moda História da Moda Vênus

Moda e Indumentária

A moda em sua nascença era um fenômeno ocidental impulsionado pelo desejo de mudança, representando o novo, o presente e a mobilidade. Desta forma surgiu em meados do século XIV, no renascimento europeu. A era da moda é dividida em quatro partes sendo: Moda Aristocrática (XIV – XIX), Moda de cem anos (XIX – XX), Moda Aberta (50’s – 80’s) e Moda Consumada (80’s – até os dias atuais).  

Moda – Modus (latim) – Medida, jeito, saber, fazer, maneira

Moda – fenômeno social

moda – tendência passageira

A história da moda e da indumentária através do tempo

A linha do tempo desenvolvida para o estudo da história da moda e da indumentária é similar a linha do tempo comum, demonstrando de forma clara os períodos e as influências econômicas, sociais e culturais geradas século após século. É importante frisar que apesar dessa “linha” do tempo, a história da moda não é linear, ou seja, muitas tendências ocorreram na mesma época, a diferença é o período de maior influência de cada tendência.

Pré-História | 3.500 a.C. (escrita ideográfica)

períodos paleolítico, mesolítico e neolítico.

História | a.C < 1 > d.C.

idade antiaga, idade média, idade moderna e idade contemporânea

Idade Antiga ou Antiguidade | 3.500 a.C. a 476 d.C.

Antiguidade oriental, Mesopotâmia, Egito, antiguidade clássica, Creta, Grécia, Etrúria e Roma.

Idade média ou Medieval | 476 d. C. a 1453

Povos bárbaros, alta idade média e baixa idade média.

Idade Moderna | 1453 a 1789

Renascimento, barroco, iluminismo e rococó. 

Idade Contemporânea | Séc. XVIII aos dias atuais.

Séc.XVII – Diretório e consulado

Séc.XIX – Império, romantismo, era vitoriana e la belle époque

Séc.XX – Anos de 1910, 1920.. 1980,1990.

Séc.XXI – Anos 2000 e 2010.  

A indumentária, criada na pré-história, é classificada como uma espécie de Toga usada para proteção do frio ou do calor, sendo adotada como uma linguagem coletiva em um determinado contexto histórico. Com o passar do tempo, a indumentária deu espaço para a roupa usada por questões sociais, culturais ou ainda por necessidade, consequentemente, a vestimenta passou a ser símbolo de diferenciação e ostentação.

Ao longo da história, era comum a aplicação de leis como a lei suntuária que restringia determinados tipos de roupas, tecidos, cores e até mesmo alimento apenas ao topo da pirâmide social. Essas leis reforçaram as hierarquias sociais e os valores morais da sociedade, identificando o nível social do indivíduo e discriminando as classes mais baixas. Na baixa idade média, levando em consideração a hierarquia feudal, as leis suntuárias foram usadas pela nobreza para diferenciação da burguesia que estava em seu período de ascensão. Indo mais afundo nessa pirâmide, os servos por exemplo, tinham direitos a apenas uma troca  de roupa durante toda vida.

http://www.estudokids.com.br/wp-content/uploads/2014/03/Idade-Media-289x300.jpg
http://www.estudokids.com.br/wp-content/uploads/2014/03/Idade-Media-289×300.jpg

A identidade do blog, representada pelo editorial Multiverso Cíclico,  tem como inspiração o movimento afro-futurista e futurista, ou seja, no olhar melancólico do passado e inovador do futuro. Portanto o estudo da história é uma das principais fontes de pesquisa e inspiração para nós, do blog AGrossoModa, e o nosso objetivo com esse post é justamente explicar como a história faz parte do nosso ciclo fluído de inspiração e como pode inspirar você também.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s