Moda e Estilo Vênus

Moda sem Gênero: as barreiras da identidade

O objetivo das coleções de roupas sem gênero é quebrar os estereótipos e padrões impostos pela sociedade; a única regra importante para esse tipo de estilo é se sentir bem com sua aparência.

A moda sem gênero tem muito mais a oferecer do que somente vestuário para as pessoas, ao mesmo tempo é um apoio para os movimentos sociais atuais, tal como o feminismo, onde a liberdade e igualdade entre os gêneros é proposta; acrescentando assim, questões a serem discutidas, não só pelo público feminino, mas também pelo público masculino. Questões, como por exemplo, a desconstrução do corpo através da roupa, a ditadura das cores (rosa e azul), imposta desde cedo as crianças, a ditadura da estética, entre outros padrões impostos.

Discussões como essas são essenciais para que possamos chegar ao mundo utópico onde não há determinação do que é de mulher ou homem, e sim, para que possamos escolher o que quisermos e ainda sim essas roupas ficarão bem em nossos corpos, sem aparentar que estamos usando algo que não nos pertence. Essa utopia, teria como principal ferramenta, a descontração total do corpo, onde teríamos a opção de sermos quem quisermos, na hora que quisermos.

Claro, que de uma forma ou de outra, já estamos trabalhando isso, mas em passos de tartarugas, pois na sociedade atual, muito regredida em vários fatores, a cada dois passos que avançamos, regredimos 10, por conta de valores conservadores ainda impostos por uma sociedade de mente fechada. Mas como forma de mostrar que esse estilo vai além de uma tendência e que é algo a muito tempo desenvolvido e não um sonho tão distante, há duas variantes desse estilo: Estilo Genderless e Genderfluid

  • Genderless: a pessoa adepta a esse estilo gender, é o tipo de pessoa que usa roupas sem identificação de gênero, peças que são usadas nos dois guarda roupas, tornando-a assim, neutra aos dois gêneros cis.
  • Genderfluid: a pessoa adepta a esse estilo gender, é o tipo de pessoa que não se identifica com os dois gêneros cis, fluindo entre os dois, de acordo com o seu humor do dia.

Com esses dois estilos, aprendemos que temos liberdade de nos vestir como quisermos, independente de gênero, orientação sexual ou cor. Podemos nos reinventar a cada dia, de acordo com o que queremos passar para o mundo. O questionamento que fica é: quando todos, em sua maioria, poderão ter consciência disso, desmistificando a história de que isso é coisa de menina e aquilo é coisa de menino?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s